logo

by Marcela Lima

Marcela Lima

Você pensa que para ter uma casa verde, precisa estar no campo?

Hoje o paisagismo se une às construções como necessidade, pois disfarça imperfeições e valoriza qualquer ambiente, dando maior aconchego e sofisticação em residências e estabelecimentos comerciais. Ameniza a rigidez de um local de trabalho e segundo estudos, aumenta a produtividade.

Você sabia que o verde é a cor que afeta nossas emoções?

Todo mundo gosta do verde, porém poucos sabem otimizá-lo. E é aí que o paisagista entra com propostas que privilegiam cada ambiente, levando em consideração o clima, a vegetação já existente, a umidade e o solo. Surge então um ambiente de sonhos, aromas, texturas, encantamento e sensações que nos remetem a nossa infância nos sítios e casas de nossos antepassados.

O paisagista enriquece a paisagem, influi sobre a qualidade do ar, do ambiente e da vida, atrai pássaros, borboletas e cria seu próprio ecossistema, por menor que seja a área projetada.

E que valor imobiliário, tem uma bela casa sem um belo jardim?

O verde mexe com todos sentimentos, baixa os batimentos cardíacos, e é um antídoto para o stress.

Depois do projeto há a necessidade de manutenção desta área, e com o tempo e cuidados, mais encantado ele ficará! E cada estação será uma surpresa, um show de flores e aromas!

A história do homem à procura do verde é bem antiga. É na própria Babilônia que se encontra a obra mais marcante da jardinagem, sendo considerada pela humanidade como uma de suas maravilhas: os Jardins Suspensos da Babilônia que se caracterizavam pela supremacia dos elementos arquitetônicos sobre os naturais.

Os jardins da Babilônia datam do terceiro milênio AC e descrevem os jardins sagrados, onde os bosques eram plantados sobre os ziggurats, (construções em forma de pirâmide com degraus) na antiga cidade da Babilônia próximo de Hillah no Iraque. Os relatos  contam que o rei fez esta maravilha, atendendo a um pedido de  uma de suas concubinas. Ela, de origem persa e sentindo saudades de suas montanhas, pediu ao rei que imitasse, através de um jardim plantado, a paisagem da Pérsia.

As espécies utilizadas eram a tamareira (com a finalidade de fornecer um microclima favorável a outras espécies), o jasmim, as rosas, as malva-rosas, as tulipas e também álamos e pinos que não suportariam viver num clima tão árido e quente, exceto pelo complexo sistema de irrigação desenvolvido. O sentimento religioso estava presente na arte dos jardins, onde acreditava-se que os jardins dependiam da vontade dos Deuses.

Hoje a realidade não é diferente, todo espaço verde é projetado para lembrarmos nossos melhores momentos com a natureza, e curtir com quem amamos, um lugar mágico e idealizado.

Meus Serviços

Design de Interior, Paisagismos, Jardinagem, Botânica entre outras

Precisa de Ajuda na elaboração de seu projeto?

Content

Title of the image box

Integer posuere erat a ante venenatis dapibus posuere velit aliquet. Cras mattis consectetur purus sit amet fermentum.

Title of the image box

Integer posuere erat a ante venenatis dapibus posuere velit aliquet. Cras mattis consectetur purus sit amet fermentum.

New Accordion Tab

Accordion tab content